Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural
Governo

Angola na 40ª Sessão da Conferência da FAO

O ministro da Agricultura, Marcos Alexandre Nhunga, participa de 3 a 8, na 40ª Sessão da Conferência da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), a ter lugar em Roma-Itália.

A Conferência deste ano vai discutir 34 pontos que consta da agenda, onde destacamos o seguinte: 1- Eleição de três Vice-Presidentes e a nomeação do Presidente e dos Membros de redacção; 2- Admissão de Observadores; 3- Candidaturas a Membros da Organização; 4- Designação do Presidente Independente do Conselho; 5- Eleição dos Membros do Conselho; 6- Nomeação de Representantes da Conferência da FAO junto do Comité dos Funcionários; 7- Análise do Estado da Alimentação e Agricultura; 8- Questões de Políticas Regionais, Globais e questões regulamentares; 9¬ Progressos realizados em relação aos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável para um horizonte até 2030; 10- Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas/FAO A FAO é um Órgão Directivo Soberano, que actualmente congrega 191 Países Membros e 2 membros associados (Ilhas Féroe e Tokélaou), que resulta do acordo constitutivo celebrado no encontro da extinta Comissão Interina das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura de 16 de Outubro de 1945 em Québec, com propósito de criar a actual Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura FAO.

O Acordo em referência define que, a FAO se dispusesse de uma Conferência na qual os Estados Membros e seus associados pudessem representar-se por um delegado.

No caso de Angola, este posto é atribuído ao ministro da Agricultura, na qualidade de Órgão Coordenador. Importa informar que, no dia 2 de Julho de 2017, um dia antes do grande evento, aconteceu a Conferência Ministerial entre os Ministros da União Africana e da União Europeia. Este acto, visa preparar a Cimeira dos Países da União Africana e Europeia que será realizada de 29 a 30 de Novembro de 2017, em Abidjan.